A voz do cidadão

A sociedade brasileira demanda, com justiça, maior qualidade nos serviços públicos. A população paga muitos impostos e não vê retorno nos serviços ofertados. João Francisco pretende propor a “Lei do Serviço Público de Qualidade” que obrigará a avaliação direta, pelos próprios cidadãos, de todos os serviços públicos ofertados para a população. Aproveitando-se do potencial das novas tecnologias para essa avaliação, a proposta estabelecerá incentivos e sanções para a ampliação da qualidade dos serviços pelo Poder Público. “É uma forma da população, principal interessada na qualidade desses serviços, ser protagonista da efetivação dos seus direitos. Serviço público de qualidade é obrigação – e não favor – do Estado”, acredita João Francisco.