Quem é João Francisco?

À primeira vista, João Francisco pode parecer mais um cidadão brasiliense comum. Servidor público, morador do Plano Piloto e figura frequente nas rodas culturais da capital, o cientista político tem uma história de amor com a cidade e com várias causas. Sua paixão pela política começou ainda na infância, quando foi prefeito mirim da quadra. Cursou Ciência Política na UnB, onde integrou movimentos sociais e o movimento estudantil.

Em 2009, concluiu o mestrado em Ciência Política pela UFPE e em 2016 o mestrado em Políticas Públicas na Universidade de Oxford, na Inglaterra, considerada a melhor universidade do mundo nos últimos rankings internacionais. Durante a experiência no exterior, idealizou e coordenou o Brazil Forum, principal evento de reflexão sobre o Brasil na Europa. A iniciativa une atores de pensamentos antagônicos, como a ex-presidente Dilma Rousseff, a pré-candidata à presidência Marina Silva, o senador Patrus Ananias, os deputados federais Alessandro Molon, Ricardo Ferraz e Daniel Coelho, o ministro do STF Luís Roberto Barroso, o procurador da República Deltan Dallagnol, dentre outros. “A pluralidade e diálogo caracterizam minha ação política e ficaram como marca do Brazil Forum. São valores fundamentais para o Brasil sair da atual crise”, comenta o pré-candidato.

Executou eventos como o Natal sem Fome, Grupo Paratodos e Movimento Extramuros, que buscavam fomentar o engajamento de estudantes universitários em ações voluntárias como forma de retribuir tudo que recebiam da sociedade nos seus estudos universitários.

Trabalhou no terceiro setor e coordenou o setor de captação de recursos da Cáritas Brasileira. Atualmente, é servidor público concursado da carreira de gestor governamental (EPPGG) federal. Coordenou o programa Água Para Todos, que garantiu acesso à água para mais de quatro milhões de pessoas no semiárido, e assessorou a Funai nas políticas para comunidades indígenas isoladas da Amazônia.

Escreveu o livro “Caminhos para Nova Política”, que tem prefácio de Marina Silva, em que analisa a crise dos partidos políticos. Em 2014, foi candidato a deputado pela Rede Sustentabilidade, ficando entre os 15% mais votados em Brasília. O sonho de João é transformar a política a partir da colaboração, simplicidade e fraternidade, ajudando a mobilizar o melhor das pessoas para chegar à mudança política.